27 de maio de 2008

Polvo - O Hexapus

Polvo - O Hexapus

Pesquisadores descobriram um polvo de seis tentáculos, o único da espécie até agora.
Por ter seis tentáculos, o polvo encontrado no Reino Unido foi chamado de hexapus, já que o prefixo hexa, de origem grega, significa seis.
Os polvos normais, ou seja, são chamados, em inglês, de octopus.


Os polvos são moluscos marinhos de oito tentáculos, certo? Bem, nem sempre.
Recentemente, enquanto observavam os polvos de um grande aquário inglês, pesquisadores notaram que um dos animais capturados do norte do País de Gales, tinha apenas seis membros.

Os cientistas acreditam que o animal, que está sendo chamado de Henry, tenha nascido com dois tentáculos a menos por causa de uma má formação genética.
Os polvos não gostam muito de parecer e têm a pele sensível à luz.

Eles têm uma grande habilidade para se esconder, camuflando-se na paisagem submarina.

Eles têm uma grande habilidade para se esconder, camuflando-se na paisagem submarina.
Quando se sentem ameaçados, soltam uma espécie de tinta, que atrapalha a visão dos predadores e os ajuda a fugir.

Curiosidades:

Os braços são muito fortes e, em alguns casos, podem agarrar até tubarões. Se um deles for cortado se regenera depois de certo tempo.
O corpo flexível permite que ele se enrole e se dobre facilmente.
Algumas espécies têm 2 mil ventosas. Elas ajudam o animal a se prender em pedras e são úteis para capturar presas. Além disso, possuem sensores que identificam os cheiros.
O sangue do polvo é azulado, porque tem uma proteína rica em cobre.
A boca fica na parte de baixo da cabeça, na região de onde saem os tentáculos. Ele não possui dentes, mas tem uma língua serrilhada que corta os alimentos, e uma saliva que ajuda a dissolver a carne das presas.
Ele possui três corações. Um fica no centro do corpo e bombeia sangue para o corpo todo.
Os outros dois bombeiam sangue para as brânquias, que é por onde o polvo respira.
Rei dos disfarces: Os polvos podem mudar de cor e de estampa em menos de 30 segundos.
Sua pele tem cerca de 2 milhões de células cheias de pigmentos, que obedecem a comandos do cérebro do animal, alterando sua cor.
Eles podem se camuflar e ficar iguais à areia ou às pedras.

A ficha do bicho:
Tamanho: de 5 centímetros a 7 metros.
Peso: de 100 gramas a 100 quilos.
Alimentação: peixes, lagostas, siris, mariscos e plâncton.
Tempo de vida: varia de acordo com a espécie.
Onde vive: no mundo todo.

Colaborador: Igor D. G. - 08 anos
Fonte: Revista Recreio nº 332
Revista Gênios nº 152

Um comentário:

Rita Braz disse...

adorei esta matéria. meu filho é muito curioso, e estávamos procurando alguma matéria que fosse de fácil entendimento, curta e com informações importantes. parabéns ao repórter mirim.